sexta-feira, 25 de abril de 2014

A nossa casa - Florbela Espanca

Oi! 
Hoje vou com a poesia da mais nova aquisição da minha estante, achado em um sebo ótimo! :)
#boapoesia


Sim, é um livro de Sonetos da Florbela Espanca! E quanto custou? Apenas R$ 4,50!!!!! :)
Tinha prometido para mim mesma não comprar mais nenhum livro esse mês, mas... Fui lendo e lendo, vi o preço, não resisti... 
Ainda não o li todo, mas em homenagem ao livro mais barato (e com muita qualidade, hein...) que comprei até hoje, a poesia será dela: Florbela Espanca!

A nossa casa

A nossa casa, Amor, a nossa casa!
Onde está ela, Amor, que não a vejo?
Na minha doida fantasia em brasa
Constrói-a, num instante, o meu desejo!

Onde está ela, Amor, a nossa casa,
O bem que neste mundo mais invejo?
O brando ninho aonde o nosso beijo
Será mais puro e doce que uma asa?

Sonho... que eu e tu, dois pobrezinhos,
Andamos de mãos dadas, nos caminhos
Duma terra de rosas, num jardim,

Num país de ilusão que nunca vi...
E que eu moro - tão bom! - dentro de ti
E tu, ó meu Amor, dentro de mim...

Florbela Espanca

Florbela foi uma poetisa portuguesa, nascida em 1894, cuja vida conturbada serviu de inspiração para versos lindos; cheios de feminilidade, liberdade e erotismo. Nesse poema aqui do post, acredito que muito dessas três características destacadas se revelam. Foi difícil escolher apenas um só para hoje, talvez quando eu terminar de ler todo o livro acabe fazendo uma resenha detalhada e com mais poesias! Mas, esse foi um dos que mais gostei até agora (dentre os outros vários também preferidos...rs...). Quando o leio, sinto a emoção de um casal de namorados que sonha com sua união, sua própria casa... E ainda mais importante: um casal que deseja morar dentro de si, residindo nesse amor de corpo e alma. Será que viajei muito? rs...

Enfim, penso no poema como uma das formas de expressão artística que mais conversa com nosso alma. Seja o que for que estivermos sentindo, alguma poesia pode ser lida (ou escrita, que tal?) para nos acolher nesse momento. Por isso também indico Florbela Espanca! :)

18 comentários:

  1. Nossa, se expressou muito bem, poesia é para ser sentida e tocar nossas almas para que o momento se torne parte das palavras e vice-e-versa, uma pena eu não saber lidar muito bem com poesia (fico com meus contos mesmo hehehehe), mas de qualquer forma foi muito bonito. Nunca li nada da Florbela, mas o tanto que meus professores (e uma amiga que também curte) fala, eu tenho que ler o quanto antes para poder julgar.

    Abraços,
    ||TERRA DE FAGULHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Michael, obrigada pelo comentário! Sim, se tiver um tempinho, lê uma poesia ou outra... seria legal conhecer mais... não parece ser o seu estilo, mas quem sabe você acaba gostando? :) Até!

      Excluir
  2. Olá! Obrigada pela visita no meu blog. Gosto muito de Florbela Espanca, a poesia dela é carregada de paixão e sentimentos. O bom da poesia é o sentir, você lê e sente, surgindo uma total empatia com o texto. Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal saber que você tb gosta dela!! :) bjs

      Excluir
  3. Sempre quis ir a um sebo, deve ter muita coisa boa e barata. Adorei a poesia.
    Beijos.

    http://minhas-indecisoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, adoro sebos!! :)
      Que bom q gostou da poesia!
      Bjs

      Excluir
  4. nossa menina eu fiz um trabalho sobre ela no ensino médio, na aula de literatura! Ela é um show!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. a poesia é muito bonita! eu ganho de você, já comprei livro por 4 reais! hahahahah
    beijos, E.
    http://apenasmaisumaxicaradecafe.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Concordo, a poesia é muito bonita e parece acolher em si ou ao menos passar sensações de se poder ter um lar, um amor calmo e estar em casa só estando ao lado da outra pessoa ao mesmo tempo e ter aquele desejo junto do peito o tempo todo. Penso que a poesia dialoga tanto com nossa alma por não ser algo específico, fala a nós sem ser somente a nós e mesmo assim parecer que é.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flávia, foi isso mesmo que eu quis dizer!
      Obrigada pelo comentário!
      Bjs

      Excluir
  7. Oi Luiza!

    Eu não tenho costume de ler poesias, pra falar a verdade. Mas acho linda a forma como ela se expressa... Esse livro tem aqui no sebo próximo à minha casa. Vou em busca dele :) Obrigada pela dica e fico no aguardo da resenha.

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carol, depois desse comentário, vou tentar fazer a resenha o mais rápido possível! Espero que goste! bjs

      Excluir
  8. Adorei a publicação. Conheço algumas poesias e Florbela Espanca é muito bom *O* Sua expressão sentimentos são tão nítidos, que conseguem arrancar suspiros do fundo da nossa alma!

    Abraços ;***
    http://angelandherbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado e já a conheça! :) bjs

      Excluir
  9. Lu! Dessa vez devo confessar muito timidamente que não conheço absolutamente nada da poetisa! :( E se você viajou na poesia, então eu viajei também, porque pensei o mesmo que você sobre a poesia! *o* Vou aguardar a sua resenha sobre o livro todo, espero que você goste muito dele!
    Beijos! <3

    www.bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tici, essa poetisa é menos conhecida mesmo...
      Vou tentar fazer a resenha o mais rápido possível!
      que bom que viajou também... às vezes escrevo umas coisas que tenho medo de serem bem alucinadas! rs :)
      Bjs!

      Excluir

Obrigada por comentar! :)
Peço que os comentários não sejam anônimos para que eu possa retribuir!
Bjs, Lu