quarta-feira, 20 de agosto de 2014

bem no fundo - Paulo Leminski

Oi!
Vamos curtir um pouco de poesia? :)
#boapoesia


bem no fundo

     no fundo, no fundo,
bem lá no fundo,
     a gente gostaria
de ver nossos problemas
     resolvidos por decreto

     a partir desta data,
aquela mágoa sem remédio
     é considerada nula
e sobre ela - silêncio perpétuo

     extinto por lei todo o remorso,
maldito seja quem olhar para trás,
     lá para trás não há nada,
e nada mais

     mas problemas não se resolvem,
problemas têm família grande,
     e aos domingos saem todos passear
o problema, sua senhora
     e outros pequenos probleminhas

Paulo Leminski

E aí, pessoal, gostaram?
Essa poesia caiu como uma luva para os meus pensamentos do dia... nenhum outro texto poderia me ajudar mais hoje. Estava justamente pensando que quanto mais a gente cresce e principalmente, quando se torna um adulto responsável de vez e caí no mundo, os problemas que nem imaginávamos existir batem na porta.
Antes mesmo de pegar esse livro para ler um pouco e sem lembrar desse texto em específico, estava pensando com meus botões: por que tem de ser tão difícil? por que a lei não pode ser mais simples, fácil e decretar o fim desses problemas? por que temos de resolver pendências que estão ficando para trás?
E, aí, me deparei com o Leminski: "a gente gostaria/ de ver nossos problemas /resolvidos por decreto".
Diria que esse poeta estava ouvindo meus pensamentos e sua alma veio me apontar essa página... rs!
Sem brincadeiras, sei bem que os problemas devem ser resolvidos logo ou viram bolas de neve nos acertando em cheio. Sei bem que o melhor é encarar e fazer o necessário: o que tem de ser solucionado precisa de uma solução. Não há como fugir. E fugir só aumenta a questão. 
Mas, lá no fundo, passa sim pela cabeça esse desejo de resolver tudo de forma mais simples, com uma lei, né? Impossível negar. Porém, como lembra o poeta, não é tão fácil assim: "problemas têm família grande". Apenas um decreto não poderia conter essa prole toda suplicando por atenção.
Paulo Leminski, obrigada! Essas palavras me confortaram, agora já encaro melhor "aquela mágoa sem remédio".

87 comentários:

  1. eu tenho o ebook desse livro mas ainda nao tive a oportunidade de ler .w. espero ler em breve pq todo mundo fala muito bem.

    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alice, lê sim... depois me diz o que achou? bjs

      Excluir
  2. Excelente! Vai de encontro aos meus últimos meses, também gostaria que todos se resolvessem por decreto.É interessante como às vezes os poemas dizem o que vai em nosso coração, esta é a coisa que os poetas fazem de melhor, colocar no papel o que nossa alma sente. Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é verdade... por isso gosto tanto de poemas! :) bjs

      Excluir
  3. Terminei de ler esse livro sábado passado e o Leminski acabou entrando na minha lista cada vez maior de poetas favoritos. Ele tinha um jeito de misturar a forma rígida da poesia tradicional com os temas cotidianos e ditados populares totalmente original na época. Sem falar que ele fazia versos perfeitos como se fosse a coisa mais fácil do mundo, rimava de olhos fechados praticamente, sem ficar chato. E o mais importante, como visto nesse poema, ele falava a verdade.

    Falando nesse livro, reparou como as editoras (principalmente a Companhia das Letras) andam revivendo os poetas ditos marginais da década de 60/70? Além do Toda Poesia, lançaram agora uma coleção parecida dos poemas da Ana Cristina Cesar, e outro do Waly Salomão. A globo relançou a obra completa do Roberto Piva (talvez o poeta brasileiro que eu mais goste). A record, essa já faz algum tempo, relançou Torquato Neto, mas já está esgotado de novo eu acho. Meu lado otimista acredita que a poesia vai voltar ao gosto dos leitores.

    delirandoeescrevendo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse poeta é realmente muito bom! Também está na lista dos meus favoritos.
      E tomara que seu lado otimista esteja certo!
      Até

      Excluir
  4. Eu li esse livro, e fiquei ainda mais apaixonada pelo Paulo!
    Adorei teu blog, estou seguindo. :)
    Beijos.:*

    www.emergindoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Luiza!
    Leminski cumpre bem o papel do que um poeta deve ser: aquele que retrata em palavras os desejos, os pensamentos, o cotidiano e, enfim, a confusão da mente humana. Um grande poeta, que merece ser lido não só por essa geração, mas por todas as outras que estão por vir!!!

    Abraços,
    Diego.

    pcasdeoito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Diego! Um grande poeta! abçs!

      Excluir
  6. Tenho muita vontade de ler esse livro. Adorei o poema.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que perfeição.
    Acho que essa poesia acaba caindo como uma luva para todo mundo, afinal quem não tem um probleminha, né?
    Crescer e encarar esses problemas é difícil, mas a vida tem lá suas compensações.
    Amei ler essa poesia hoje.
    Beijo

    http://canastraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Adorei a poesia, muito linda. É mesmo incrível como nos identificamos com poesias. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade, poesia tem um jeito de nos tocar que nenhuma outra forma de literatura tem... :) bjs

      Excluir
  9. Oi Luiza!
    Adorei essa poesia e concordo plenamente com o trecho que você mencionou: " a gente gostaria de ver nossos problemas resolvidos por decreto".
    Seguindo de volta!
    Beijos

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Paulo Leminski é sempre uma boa escolha, né?
    Eu amo esse poema!

    Um beijo
    Karla
    www.ficaprocafe.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu!
    Adorei essa poesia! Em especial a frase em que diz que problema tem família grande, nada mais verdadeiro que isso! Porque geralmente a gente não tem um probleminha só, mas um problema que gera ou atrapalha muitos outros assuntos.

    Um abraço,
    http://obsessivejerk.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! verdade, geralmente é assim... bjs

      Excluir
  12. Oie! Já tinha ouvido falar do livro, mas como não sou fã de poesias, acabei por não me interessar por ele, mas adorei o trecho que voce citou!
    Bjs, tem promoção no blog http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/08/promocao-de-aniversario-do-amor.html
    se puder comentar nesse post ajudará muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/08/semana-eu-amo-nacionais-dia-5-herdeira.html
    Nay =D

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lu. Concordo em número e grau com as suas palavras e do sábio poeta Leminski.
    Bjs!!!!
    http://bibliotecariasprendadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Não sou muito fã de poesia, mas não é que gostei muito dessa? E que família grande hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! Esse poeta é muito bom mesmo! bjs

      Excluir
  15. Oi, Lu!

    Amei a poesia! Dia desses estava lendo algumas do Leminski. São todas muito belas, não acha? Quero muito ler esse livro!

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São todos muito belas sim!
      Que legal saber que anda lendo o poeta!
      Até mais

      Excluir
  16. Nunca gostei muito de poesia, mas essa foi muito legal. Adorei o post!

    Beijos e fique com Deus.
    Quero Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz de saber que gostou dessa!!! :) bjs

      Excluir
  17. Muito bom o poema, tenho vontade de ler esse livro, já ouvi falar muito bem dele ♥

    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é um livro muito bom mesmo! que bom que gostou!! :) bjs

      Excluir
  18. Oi Lu...
    Confesso que não sou muito fã de poesias, mas eu gostei desse texto que você postou!

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Ainda não conhecia o livro mas adorei a capa, o poema é lindo creio que seja um livro bem agradável
    Um beijo, te espero no blog
    Blog livros com café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é linda mesmo... e o livro é muito bom!!! bjs

      Excluir
  20. Para ser sincera, não gosto muito nem de poesia nem do autor, acho ele muito pessimista... Mas vai ver só não encontrei meu poeta ideal!

    Beijão,
    Boneca de Pano Rosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Augusta, sim... tente ler outros... você ainda vai encontrar um poeta que goste!! :) bjs

      Excluir
  21. Espero ler alguma obra dele, todos falam tão bem... Adorei essa poesia, imagine um livro inteiro *0*

    www.sendohipster.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Oii,

    Eu gosto muito de poesia, mas não tenho o costume de ler. Meu amigo estava lendo esse livro esses dias. Vou pedir emprestado.

    Realmente, tudo poderia ser resolvido de maneira mais simples né??

    Beijinhos,

    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana, pede sim, acho que você vai gostar de ler o livro. :) bjs

      Excluir
  23. é no fundo no fundo queria mesmo os problemas todos resolvidos
    eu ameiii
    beijos
    blogdaxavier.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oi Lu, tudo bem?
    Ah eu amo a poesia do Paulo Leminski <3
    Esse poema é lindo, me dá uma nostalgia...
    A gente cresce e os problemas crescem com a gente, é proporcional rs

    "mas problemas não se resolvem,
    problemas têm família grande..."

    Sábias palavras e completando com o não menos amado Mário Quintana:

    "O pior dos problemas da gente é que ninguém tem nada com isso."

    Adorei o poema!!! Bjos

    citacoesdeumleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Verdade!!! Eu realmente queria que os meus problemas fossem resolvidos por decretos. Seriam bem mais fácil. Amei a sua reflexão.
    pensamentosdefabs.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Eu infelizmente não criei apreço por poesias ... muito por "falta de paciência" com elas, mas claro, como qualquer bom leitor algumas são altamente necessárias ... o Leminski eu já tinha visto esse livro, mas ... nunca dei muita bola, acho que vou dar uma chance.

    DANCIN' OF DAYS
    http://dancinofdays.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Simplesmente AMO poesia, e já faz tempo que Paulo Leminski está na minha listinha de pendências. Quero muito ♥ ♥ ♥

    http://listadasnuvens.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é uma pendência que precisa ser resolvida!!! rsrs :) BJs

      Excluir
  28. Quem não queria que seus problemas fossem resolvidos de uma maneira mais fácil, né?

    botasbatidasblog.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Oi, Lu!
    Adorei o poema, super me identifiquei.
    Vira e mexe esses conflitos me voltam à mente, gostei da maneira como Leminski os abordou.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber que você também se identificou!! :) bjs

      Excluir
  30. To louca pra ler esse livro, adoro poesia, e por coincidência estava tendo o mesmo pensamento que você nos últimos dias, parece que fala com a gente mesmo rs.
    Beijos

    http://diadespa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paula, legal saber que você também gostou e se identificou! :) bjs

      Excluir
  31. Esse livro é sinceramente perfeito *o*

    http://alemdapenteadeiraa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Eu não ia querer que meus problemas fossem resolvidos por decretos, não. Ia querer que fosse por passe de mágica, mais simples e mais bonito. Lei é feio, grande , confuso e tem que decorar muhahahahahaha brincadeira.
    Adorei a ideia do poema, que por sinal, foi excelentemente construído! Obrigada por repassar pra gente, Lu! <3 Beijos!

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tici, boa! também gostaria de um passe de mágica..rs
      Fico feliz que tenha gostado!
      bjs

      Excluir
  33. Oláááá!
    aaah Leminski é maravilhoso! Aqui em Curitiba deveriam saber mais dele do que o nome dele, que é um lugar para shows! Vejo que fora daqui muitas vezes ele é muito mais valorizado!
    EU TABMEM QUERIA MEUS PROBLEMAS RESOLVIDOS POR DECRETO! ia facilitar muito minha vida hahaha! :) E de quem não não é mesmo? :)

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Ele é de Curitiba, né?
      Achei que o pessoal daí conhecesse mais mesmo...
      Ia facilitar bastante, né? rs :)
      bjs

      Excluir
  34. Adorei o post de hoje! Um dia desses eu li que devemos nos focar na solução e não no problema. Acho que isso pode ajudar também! ;-)
    Beijocas,
    Carol
    www.pequenajornalista.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode sim, Carol! Que bom que gostou e obrigada!! :) bjs

      Excluir
  35. Sabe, acho que nem um decreto poderia afastar tantos problemas. E se fosse só a família perturbando até ia, o problema é que eles tem amigos, inimigos, colegas e afins.
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  36. É verdade flor quanto mais a gente cresce mais cai o nosso mundo, mas da poesia também caiu como luva para mim e a parte que mais gostei foi essa: " no fundo, no fundo,
    bem lá no fundo,
    a gente gostaria
    de ver nossos problemas
    resolvidos por decreto" pois achei que combinava um pouco da minha história
    flor tem post novo de um aparelho que dá CHOQUE no rosto poderia me visitar?
    magrafelizpensa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  37. Oii Lu, também adorei o poema! <3

    Andei lendo vários livros de poesia ultimamente, estou adorando!
    E me adaptando também, hehehe, mas é ótimo se conectar com a escrita, parece que está sendo escrito diretamente para gente não é?
    beijos!!!
    http://traduzindo-sonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Já viu "Brilho eterno de uma mente sem lembranças"? Então, né… =P
    E é, pô! Leminski é muito bom mesmo!

    http://tubemquepodiameler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  39. lindo poema amei
    thingsofeve.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  40. Olá!!!
    Eu gosto de poesia, queria saber escrever, mas infelizmente o meu dom não puxou para esse lado.
    Espero um dia ler alguma obra dele, já ouvi muitas pessoas falarem bem desse livro!
    Beijosss

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. Eu sou doida para ler esse livro! Adoro a premissa, a capa e as resenhas que leio sobre.
    Sou dessas que tenho costume de adiar o máximo as coisas para resolver. Tipo quando dizem que brasileiro só resolve as coisas em cima da hora? Sou eu. Acho isso péssimo, mas acredito que seja porque fico procurando que uma ideia de resolução mais fácil - e menos dolorida - apareça. Claro que nunca aparece!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      Não costumo demorar para resolver a grande maioria dos problemas...
      Mas, alguns são bem doloridos mesmo... Resolvendo nos aperta umas dores no peito...
      Mas, fazer o quê né...
      O livro é muito bom!
      Bjs, Lu
      http://resenhasdalu.blogspot.com.br/

      Excluir
  42. Não tinha ouvido falar sobre esse livro, mas me pareceu muito bom. Coloquei-o na minha wishilist literária!

    Beijos ~ Prom-ise.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! é um livro muito bom mesmo, vale a pena!! :) bjs

      Excluir
  43. O Leminski é o poeta preferido de muita gente, né? Eu adoro essa capa bigoduda! =D
    Beijo!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar! :)
Peço que os comentários não sejam anônimos para que eu possa retribuir!
Bjs, Lu