domingo, 20 de julho de 2014

Neologismo - Manuel Bandeira

Oi!
Hoje vou propor a leitura de um poema do grande Manuel Bandeira!
#boapoesia



Neologismo

Beijo pouco, falo menos ainda.
Mas invento palavras
Que traduzem a ternura mais funda
E mais cotidiana.
Inventei, por exemplo, o verbo teadorar.
Intransitivo:
Teadoro, Teadora.

Manuel Bandeira

E aí, gostaram?
Para quem não se lembra muito bem, Neologismo é a criação de uma palavra ou expressão nova. 
Manuel Bandeira inventa a palavra "Teadorar" em sua poesia para expor uma ternura mais funda, como diz o poema. 
Na prática, esse eu lírico revela que não faz muitas ações concretas que indiquem carinho; usando pouco de beijos e palavras faladas. Mas, para demonstrar a ternura que existe em seu ser, costuma criar novas palavras.

E eu estava aqui pensando com meus botões: muitas vezes usamos da arte - escrita, cantada, esculpida, etc - para expressar sentimentos que de outra maneira não conseguiríamos. Acredito que através de um poema, um texto ou um quadro, por exemplo, podemos traduzir o que de mais fundo e cotidiano existe dentro de nós. 

A nossa alma necessita da invenção de mais palavras, cores e texturas para transitar no mundo. Viva a arte! 

88 comentários:

  1. Adorei a poesia e a ideia do post. O que seria de nós se não pudéssemos nos expressar através da arte?
    Beijos.

    http://minhasindecisoesblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. E viva a poesia!
    Ótimo poema selecionado. Até hoje guardo meus livros de literatura justamente para ter salvo alguns poemas como esse.
    Boa semana, beijos!

    ResponderExcluir
  3. Olá Luiza, tudo bem?
    Adorei a poesia! As palavras são poucas, mas a profundidade é gigantesca.
    Parabéns pela escolha.

    Beijos
    http://estantedafer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu! Amei o poema, já conhecia, mas sempre vale a pena ler de novo. Está de parabéns o seu blog! Virei fã :)

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI! É lindo, né? Obrigada!!! :) :) :) bjs

      Excluir
  5. Oi Lu! Já conhecia o poema, e simplesmente amo. Adorei o post.

    Beijos, tenha uma ótima semana!
    Laís Happel - EDF
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Gente deu saudade de ler poemas, ultimamente só romances!
    Adorei, acho tão inspirador quando a gente "viaja" sozinha na própria mente, inventa palavras que fazem sentido pra nós! haha a louca...

    Beijoo, Dá um confere aqui tbm! ♥
    http://www.ideiaconsumista.com/2014/07/wishlist-da-loja-online-sheinside.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani,
      que bom que gostou!
      Sim, o melhor é quando "viajamos" na nossa mente! :)

      Excluir
  7. Já conhecia esse poema. Manuel Bandeira sempre ilustre, né?!

    Beijão,
    Boneca de Pano Rosa

    ResponderExcluir
  8. Retribuindo a visita! =)
    Adorei,viu?!

    http://detantoquepensei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Luiza, tudo bem?
    Eu simplesmente amo esse livro, ele sempre está comigo.
    Esse e o Antologia Poética da Cecília Meirelles .
    Adorei a escolha <3 <3
    Beijos

    citacoesdeumleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI!
      Que legal saber que você também tem esse livro e que o ama!!!
      é lindo mesmo! :)
      Que bom que gostou!
      bjs

      Excluir
  10. Oii!
    Adoro esse poema, e olha que não sou as mais entendidas de poesia.
    Acho que a lingua portuguesa é tão ampla e rica, combinada com a liberdade poética podemos fazer poucas e boas.
    Acho neologismos incríveis, a escrita de Guimarães Rosa é cheeeeia deles, e sempre acabo tendo que parar para refletir que diabos ele quis dizer com tal palavra nova ahhaha

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, Lara!
      Boa lembrança: grande Guimarães Rosa dos Neologismos! :)
      Bjs!

      Excluir
  11. Oi! Amei o poema e como você o analisou. Realmente é por meio da arte que nos expressamos. Muitas vezes quando achamos que ninguém irá nos entender podemos contar com ela. A arte não lhe julga, não diz que você está errado. Ela simplesmente lhe ajuda. Belo texto.. Beijo!

    http://tortademorangodameri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! que bom que gostou! Sim, a arte só ajuda! :) bjs

      Excluir
  12. Não sou entendedora de poemas, sou um fracasso nisso, mas gostei muito do poema e como você analisou. Realmente é por meio de palavras, expressões, desenhos, qualquer coisa do tipo que conseguimos expressar algo.
    http://contodeumlivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Amei! Manuel Bandeira é simplesmente genial!

    Beijos!
    albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. A poesia é uma forma de colocar sentimentos no papel. E como colocar algo tão complexo no papel se às vezes o poeta não puder inventar? Gosto das poesias porque elas não precisam ficar totalmente presas às regras. Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toda arte boa deve ser sentimento, não é?! :) bjsss

      Excluir
  15. Grande Manuel Bandeira. Estou lendo uma antologia dele agora, a da coleção "Melhores Poemas" da editora global (tem antologias de vários poetas, dos mais conhecidos aos mais esquecidos da literatura brasileira). É uma ótima coleção, mas deixou de fora esse aí, não sei o motivo. Manuel Bandeira era um poeta simples, de paixões, até onde eu pude perceber sem grandes simbolismos, sentimental. Esse poema reflete bem isso.
    E concordo com tudo que você falou sobre a arte, é uma forma "física", visual, de expressar emoções. Viva a arte de fato.

    delirandoeescrevendo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah... para mim, os melhores artistas são os sentimentais!! :) rs Viva!!!

      Excluir
  16. Adorei o post!
    Adorei seu blog também... dá uma olhadinha no meu? <3
    www.parisdasmaravilhas.com

    ResponderExcluir
  17. Gostei do poema. Nos expressar através da arte é maravilhoso. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
  18. adorei :}
    estou seguindo aqui
    www.andressamonteiro.com

    ResponderExcluir
  19. Oii,

    Gostei o post, você acredita que eu tenho esse livro desde a época da escola mas nunca dei a devida atenção??
    Vou deixar de bobeira o quanto antes.

    Beijinhos,
    entrechocolatesemusicas.blogspot.com.br
    EC&M

    ResponderExcluir
  20. Manuel Bandeira... tem tempos que não leio ! E como vc citou em seu texto, vivo usando "frases" dos livros que leio, para expressar o que sinto momentaneamente. Acaba soando quase como uma indireta rsrsrsrs Mas como você mesma disse, são formas de se expressar ;)
    Beijinhos!

    http://vivasincera.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom saber! São formas de expressão, boa formas! :) bjs

      Excluir
  21. Adoro esse poema de Manuel bandeira.
    Lembrei o quanto gostava de de ler e compreender não só os poemas dele, mas de Olavo Bilac, e autores/poetas também.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. ahh Lú, o Manolo é genial! :)
    eu AMO poemas/poesias e neologismos! eu crio novas palavras o tempo todo hahahaha é até engraçado, mas não sei o que acontece comigo, é uma mania estranha... tenho mania também de parafrasear frases famosas hahaha
    um beeijo!
    Blog Dramin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk... viva a criação de novas palavras! rs :) bjs

      Excluir
  23. Não sou chegada em poemas :/. Beijos

    www.brrendacaroline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Lindo poema! Os neologismos transmitem originalidade e autenticidade.
    Beijos, Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Adorei esse poema, confesso que não conhecia. Não sou muito de ler poemas, mas preciso mudar isso.
    Gostei da sua interpretação! E aguardarei por mais posts como esse.
    Beijos!
    http://borboletasliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que gostou! Obrigada! Vou escrever mais sim! Bjs

      Excluir
  26. Adorei o poema, muito lindo! Concordo que através dos poemas podemos nos expressar melhor. :)
    beijos ♥
    nuclear--story.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Poema ótimo essa palavra nova é hilaria
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderExcluir
  28. Adoreii!!
    Amo poemas, e as mensagens que eles são capazes de transmitir!

    Bjos,
    Juh
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Também acredito que as palavras são uma ótima arma se usadas da forma correta e a nosso favor, muitas pessoas liberam suas energias negativas através das palavras ou, simplesmente, deixam mensagens nas entrelinhas, e isso é maravilhoso. Neologismos são ótimos, mas também só você vai entender o significado, se o mesmo não for acompanhado de uma explicação.
    Fiquei tentada a ler esse poema de Manuel, parece ser muito bom.

    Beijos,
    Gabriella Suzart
    http://mbgsuzart1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Neologismos exigem que você entenda o contexto para entendê-los, sim! :) bjs

      Excluir
  30. Sempre escutava essa palavra na aula de literatura, gostei do poema, pena que nem leio muito poema por não gostar muito.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  31. Sou apaixonada pela poesia de Manuel Bandeira,sempre leio e me faz sentir tão bem,e acabo me inspirando nele para escrever meus poemas e nesses poemas que eu escrevo geram desenho,meus simples desenhos <3
    Beijos flor e super amei o post.
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo, Erika! Manuel é uma grande inspiração mesmo!! :) bjss

      Excluir
  32. Estou completamente apaixonada por essa poesia! D: Adoro neologismos, adoro a forma como se pode brincar com as palavras para criar humor ou amor! *-* E com certeza a arte é a maior forma de expressão daquelas coisa que não consegue ou não se pode dizer de alguma forma! *-*
    Beijos!

    bibliophiliarium.com

    ResponderExcluir
  33. Nossa, ei adorei!
    Confesso que não sou chegada a poesia. Já peguei um livro com várias na biblioteca da escola uma vez, mas não consegui gostar, porém essa é demais!

    Beijos, Ana K | http://universoaoquadrado.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Muito linda esta poesia, por mais que eu não tenha o costume de ler, gosto bastante.
    Ótimo post!

    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  35. Amei, amo poemas e esse aí é muito bom!
    Seguindo, retribui?
    semprefashioneantenada.blogspot.com

    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  36. Que poema lindo, adorei. Nunca li nada do Manuel Bandeira e sei que deveria HSUAHU Espero começar por esse, parece ótimo.
    Beijoos,
    http://setimaondaliteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!! :) Se puder ler, vale a pena! :) bjs

      Excluir
  37. Adoramos a poesia!!! Poucas palavras mais de grande profundidade!!!

    beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Voltei pro colégio agora ...
    hahaha lendo esse post! <3 gostei do poema!

    http://passaro-de-inverno.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk... também lembrei um pouco do colégio quando escrevi... rs :) bjs

      Excluir
  39. Amoooo Manuel Bandeira, um dos primeiros autores que eu li na vida.
    Muito boa dica ^^ Beijos!
    ---
    http://cordeiogurte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  40. Nossa Lu, é sempre um prazer para mim encontrar blogs que comentem poesia! Cada dia menos pessoas parecem se interessar pelo gênero, e isso é muito triste :(
    Manoel Bandeira é incrível, e eu um dia ainda quero criar uma palavra que faça sentido, rsrs.
    Ah! Tbm escrevo poesia, se te interessar, passe para conhecer meu blog: http://milongalamuria.blogspot.com/
    Bjos!

    http://seiqueeusei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  41. Concordo com você Luiza. Às vezes não conseguimos dizer com as palavras exatamente aquilo que sentimos, e é aí que entra a arte *-* Não conhecia esse poema do Bandeira, mas gostei muito. Profundo <3

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  42. Linda poesia!!
    Eu não conhecia muito de Manuel Bandeira, mas o pouco que estou conhecendo já me leva a gostar de suas poesias. hehehe
    Beijos, Lerissa. :D
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, que bom!! Manuel Bandeira é ótimo!!! :) bjs

      Excluir

Obrigada por comentar! :)
Peço que os comentários não sejam anônimos para que eu possa retribuir!
Bjs, Lu